Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Nota de Esclarecimento - TouroeOuro.com

  • 2019-02-07 09:31


Porque importa falar verdade!

O TouroeOuro, informa, que no ano 2016, foi dado pela ERC (Entidade Reguladora da Comunicação Social) início a um processo de inquérito judicial, visando e argumentando, atentado à liberdade de expressão/informação, acção, essa, intentada contra a empresa taurina Campo Toro, administrada por Joaquim Murteira Grave, designado no processo, por arguido.

Os factos remontam, ao Festival Taurino, com palco na Praça de Touros de Mourão, do ano 2016.

Ironia do destino, fomos, no passado dia 1 de Fevereiro, informados, de que era decisão do Ministério Público, arquivar o processo de inquérito, por considerar a referida entidade, não haver matéria de discordância relativamente aos factos apresentados.

Sim, há!

Pode ler-se no Despacho Final, que, o TouroeOuro, poderá e tem vinte dias para o fazer, pedir intervenção hierárquica e, constituir-se assistente, o que sim, fará, por entender, haver matéria de dolo em todos os factos por nós apresentados aquando da denúncia.

Mais lamentamos, que, tenha sido dado à estampa na rede social Facebook, diga-se, na página oficial da prestigiada ganadaria Murteira Grave, este assunto, cantando prematura vitória, sendo que o mesmo, em nada está relacionado com a ganadaria, mas sim, com a actividade da empresa Campo Toro, gerida, pelo que ora representa a ganadaria em questão, a quem desejamos a confirmar-se a ida este ano, à mais importante praça de touros do mundo, Madrid, um feliz regresso após largos anos de ausência.

Mais informamos, que, às testemunhas depoentes no processo citado e que proferiram comentários insultuosos, na rede social e post atrás referido, será movido um processo por difamação e atentado ao bom nome daqueles a quem indubitavelmente se referem.

Por último e utilizando léxico taurino, deveria saber Joaquim Grave, por ser conhecido a sua afición ao toureio a pé, que, as orelhas apenas e só serão concedidas, aquando da estocada final e essa, está longe de ter acontecido.