Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Câmara de Lisboa afirma que realidade do Campo Pequeno mudou e mudança na sinalização é uma actualização

  • 2019-07-20 15:07
  • Autor da Foto: D.R.


Após a mais recente polémica, com o ‘apagar’ do símbolo do touro e do toureiro, nos sinais de trânsito, em Lisboa, nas placas indicadoras do Campo Pequeno, a Câmara Municipal de Lisboa já reagiu, através do seu gabinete de imprensa, justificando a decisão com uma nova realidade que vive o Campo Pequeno.

O Campo Pequeno já não é exclusivamente uma praça onde há touradas. A realidade mudou. É um espaço que acolhe eventos de diferentes naturezas’, salienta o gabinete de comunicação do município lisboeta, prosseguindo que a autarquia estuda agora uma outra solução para os indicadores do Campo Pequeno.

‘A sinalética está a ser actualizada. E em breve será substituída por uma versão definitiva’, concluiu, sem no entanto adiantar mais detalhes sobre o assunto, nomeadamente que ilustração pretende a Câmara Municipal de Lisboa para substituir o touro e o toureiro.

Tanto as associações taurinas, como a empresa do Campo Pequeno, já se mostraram contrárias a esta tomada de posição por parte da autarquia liderada por Fernando Medina, do Partido Socialista, que até ao momento não se fez ouvir sobre o assunto.

Saliente-se que os sinais de trânsito indicando as Praças de Touros, se encontram devidamente regulamentados no Código da Estrada, pelo que esta medida da Câmara Municipal de Lisboa poderá ter contornos legais difíceis de ultrapassar.