Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

João Borges afirma que “O Campo Pequeno já podia e devia estar ao serviço dos portugueses no combate ao Covid-19”

  • 2020-03-24 11:20


O empresário e fundador da Sociedade de Renovação Urbana do Campo Pequeno, João Borges, afirmou esta terça-feira, que a actual administração da empresa, em parceria com aqueles que considera os responsáveis pela situação em que a empresa de encontra, envolta em todos os processos que são já do conhecimento público, já deveriam ter colocado à disposição das autoridades sanitárias portuguesas a Praça de Touros do Campo Pequeno, nomeadamente a arena, galerias e espaço envolvente, que poderiam ser utilizadas para a colocação de hospital de campanha, realização de testes ao coronavírus, ou outras valências que as entidades de saúde entendessem pertinentes.

Em declarações ao TouroeOuro João Borges afirma que, “o Campo Pequeno já podia e devia estar ao serviço dos portugueses no combate ao Covid-19, a administração que lá está, já deveria ter vindo publicamente colocar a Praça de Touros ao serviço das autoridades de saúde”, “os espaços são amplos e poderiam ser utilizados em diversas valências, que neste momento sensível da nossa vida, se demonstram imprescindíveis”, acrescentando ainda que, “desde sempre o Campo Pequeno teve uma missão solidária, e este é um dos momentos em que devia estar na linha da frente”, concluiu.

Para já, e de acordo com o que apurámos, apenas alguns clubes de futebol de Lisboa ofereceram bens ou as suas instalações aos serviços de saúde.

Recorde-se que a pandemia de Covid-19 em Portugal, fez já 23 mortes, estando infectadas mais de 2000 pessoas.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0