Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Um Covid que inevitavelmente atrasará a temporada 2021

  • 2021-02-05 21:14


Castellón, Valdemorillo, Valencia, Olivença, Sevilha, Mourão, Granja, Samadet, Arles, Gamarde...

Se o ano passado ainda se realizaram festejos como os de Mourão, Granja e a Feira Taurina de Olivença e tudo se abortou nesse ponto, este ano, os adiamentos começaram mais cedo.
Trata-se de um Covid que inevitavelmente atrasará o início da temporada 2021.

Muito se alvitrou neste longo e desesperado defeso e por mal não foi... o sonho afinal de contas, comanda a vida, mas, infelizmente o pesadelo é agora, uma certeza e uma triste realidade.

A cultura, à semelhança de outras tantas actividades, resulta, suspensa, até que melhores dias cheguem, trazendo consigo melhores temperaturas, ao que parece, pouco 'requisitadas' pelo estúpido e misterioso vírus.

Castellón, Valdemorillo, Valencia, Olivença, Sevilha, Mourão, Granja, Samadet, Arles, Gamarde e toda uma temporada mexicana estão hipotecadas... nuns casos, surgem cancelamentos, noutros, adiamentos à espera, dos tais dias melhores e de um abrandamento pandémico.
Prioridade absoluta: a vida. A nossa e dos que amamos.

Sevilha e o seu Domingo de Páscoa, para 15 dias depois do Dia da Ressureição...
Arles, lá para Junho e assim vamos.

Fica a esperança, de que possamos rapidamente, voltar a uma praça de touros, num qualquer país taurino e que os toureiros figuras, saibam dar o exemplo, seja ele, qual for... mas sobretudo, que consigam dar alento, aos toureiros em estágios cruciais para a sua construção de carreira e que neste momento, perceberam já que o leque de oportunidades diminuiu drásticamente.

 

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0