Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Em directo

Campo Pequeno, 03 de Agosto 2017

2017-08-03 21:30:00

Porta Grande para Diogo Amaro e Grupo de Forcados Amadores do Aposento do Barrete Verde de Alcochete

Segundo anunciado aos microfones, o Forcado Diogo Amaro, e o Grupo de Forcados Amadores do Aposento do Barrete Verde de Alcochete sairão pela Porta Grande, depois da empresa anunciar que este deu três voltas à arena.

Prémio para a melhor pega para:

Esteve em disputa esta noite, um prémio para a melhor pega da noite, no Campo Pequeno, sendo o júri constituido pelo Real Grupo Tauromáquico Português, António Alfacinha e Amorim Ribeiro Lopes.
A pega vencedora foi a primeira pega da noite, do Grupo de Forcados Amadores do Montijo, executada por Hélio Lopes.

6º Touro - Francisco Palha (David Ribeiro Telles - 594 quilos)

O festejo teve epílogo com a actuação de Francisco Palha.
Palha foi autor de uma prestação com algumas intermitências, mas, da qual resultaram ferros com muito rigor na sua execução. A sua abordagem ao oponente foi correcta, pautando-se como boa a sua prestação.

Jorge Valadas, dos Amadores de São Manços, efectivou boa pega ao primeiro intento.

Francisco Palha - Volta
Jorge Valadas (GFA São Manços) - Volta

5º Touro - Filipe Gonçalves - (David Ribeiro Telles - 552 quilos)

A derradeira actuação de Filipe Gonçalves, na noite de hoje, no Campo Pequeno, foi vibrante e teves momentos de muito bom nível artístico.
Depois dos compridos deixados com regularidade, segue para uma série de curtos, em que alguns deles, foram cravados com imponente quiebro, fazendo o gosto do público, que aplaudiu com fervor.
A última bandarilha foi deixada 'al violin', com o Xique e as suas palmas, depois de um percalço sofrido pela montada de Filipe, na qual iria cravar um par de bandarilhas, tendo uma delas sido, ao que nos pareceu, cravado no seu cavalo.

Diogo Amaro, do Aposento do Barrete Verde de Alcochete, consumou boa pega à segunda tentativa, depois de brindar a António Manuel Barata Gomes.

Filipe Gonçalves - Volta e meia
Diogo Amaro (GF Aposento do Barrete Verde) - Volta, volta e meia

4º Touro - Rui Fernandes (David Ribeiro Telles - 542 quilos)

Rui Fernandes, chegou e ganhou.
Muito boa actuação frente ao quarto bom toiro da corrida e em 'bom' Rui Fernandes, com uma actuação que é a sua 'cara' enquanto toureiro, enquanto Figura do Toureio.
Depois dos compridos, seguiu em tom ascente, rumo à cravagem de curtos de grande nota. Com o cite balanceado, metendo o público consigo, cravou bandarilhas com batida ao pitón contrário, terminando com um palmito e o público em pé.

José Pedro, dos Amadores do Montijo, concretizou pega à segunda tentativa, brindada a Mário Guarda, antigo elemento da formação.

Rui Fernandes - Volta
José Pedro (GFA Montijo) - Volta

3º Touro - Francisco Palha (David Ribeiro Telles - 592 quilos)

Vestindo elegante casaca veludo e prata, lidou o terceiro da noite, o que teve maior transmissão até ao momento, Francisco Palha.
Após deixar bons compridos, o ginete seguiu para uma série de curtos de boa nota, numa prestação em que Palha lidou na verdadeira acepção da palavra, resultando numa agradável exibição.

João Fortunato, cabo dos Amadores de São Manços, consumou pega à primeira tentativa.

Francisco Palha - Volta
João Fortunato (GFA São Manços) - Volta
Ganadeiro (Maioral) - Volta

2º Touro - Filipe Gonçalves - (David Ribeiro Telles - 645 quilos)

O segundo artista a 'saltar' à arena foi Filipe Gonçalves.
Por diante teve um toiro de David Ribeiro Telles, com soberba de trapio e que serviria ao toureio de brega ladeada e vistosa, 'sector' onde Filipe mais se destacou nesta primeira actuação. Contudo e há que referi-lo, Gonçalves andou irregular nas cravagens, ou, melhor dizendo, nas batidas ao pitón contrário que antecederam os curtos deixados e rematados com piruetas.

A primeira pega da noite, por conta do Grupo de Forcados do Aposento do Barrete Verde, esteve a cargo do seu cabo, Marcelo Loia, sendo concretizada ao primeiro intento.

Filipe Gonçalves - Volta
Marcelo Lóia (GF Aposento do Barrete Verde) - Volta

1º Touro - Rui Fernandes (David Ribeiro Telles - 594 quilos)

A Rui Fernandes coube inaugurar esta noite de toiros...
O primeiro astado a sair à arena, esteve correcto em apresentação, mas foi ecasso em transmissão, sendo que teve de ser o experiente ginete a compensar toda a falta de emoção do oponente.
Esteve bem o toureiro, levando a efeito uma lide em crescendo, dentro do seu conceito tremendista. Depois de andar correcto nos compridos, seguiu para uma série de curtos, com brega muito ligada e remates vistosos, com piruetas ajustadas e que chegaram às bancadas. Destacam-se os últimos dois ferros, com cite em curtas distâncias e reunião exemplar.

A Hélio Lopes, dos Amadores do Montijo, coube efectivar ao primeiro intento, a primeira pega da noite.

Rui Fernandes - Volta
Hélio Lopes (GFA Montijo) - Volta

Cortesias...

Mais uma nocturna lisboeta, mais um DIRECTO TouroeOuro.
Embora sem imagens por pura intransigência da empresa gestora deste tauródromo e no pleno uso de critérios que desconhecemos, o TouroeOuro contar-lhe-à em texto, o que de mais importante acontecer na Corrida do Emigrante.
Em cartel estão hoje, os cavaleiros Rui Fernandes, Filipe Gonçalves e Francisco Palha, frente a toiros da ganadaria David Ribeiro Telles.
As pegas serão asseguradas por três Grupos de Forcados. Grupo de Forcados do Amadores do Montijo, Aposento do Barrete Verde, Amadores de São Manços.
As saudações ao público já se fizeram, o espectáculo começa agora, contando o Campo Pequeno com um terço de casa (forte) preenchida.

A corrida será dirigida pelo Sr. Tiago Tavares, coadjuvado pelo médico veterinário, Jorge Moreira da Silva.
Antes do início de cortesias, cumpriu-se um respeitoso minuto de silêncio, em memória do Dr. Salter Cid e D. Maria Emília Gonçalves, falecidos recentemente.